Posicionamento de mercado: sua empresa tem um?
01/06/2017
Facebook: equilíbrio entre vender e gerar valor
05/06/2017
Mostrar tudo

A métrica número 1 para analisar resultados online

São inúmeras as métricas existentes para se avaliar um negócio online. Praticamente tudo pode ser medido na internet. Mas quais são as mais importantes? Por onde começar?

No dia a dia de sua empresa, você já deve estar acostumado com métricas financeiras como faturamento, lucratividade e outras métricas que são relevantes para seu setor ou para seu nicho de mercado.

Nesse post, falaremos sobre a métrica número 1 para medir os resultados das atividades de uma empresa no mundo digital, seja no seu site ou nas mídias sociais como Facebook, Twitter e Youtube. Você descobrirá por que é importante acompanhá-la e quais ferramentas deve utilizar para isso.

A métrica #1

Você sabe o que está gerando tráfego para seu site, ou como e por onde as pessoas estão chegando até seu negócio online?

Pois bem. A métrica mais importante e que auxilia a solucionar essa dúvida é a taxa de cliques.

A taxa de cliques é o número de cliques que um usuário – que também pode ser um potencial cliente – faz em um determinado link que você coloca no seu site ou posta nas redes sociais.

Através do número de vezes que as pessoas clicam em determinado link, conseguimos saber se a postagem que o continha foi mais ou menos eficaz do que o link que estava em outra postagem ou outro anúncio que você fez, por exemplo.

Como medir o desempenho

Para acompanhar a taxa de cliques em links específicos, podemos utilizar ferramentas como o Bitly ou o Google URL Shortener.

Essas ferramentas têm dois objetivos. O primeiro, como já falado, é medir o número de vezes que uma pessoa clicou naquele link postado e que, a partir disso, foi levado a uma página de destino específica (de acordo com a postagem escolhida por você). Já o segundo objetivo – e também função dessas ferramentas – é encurtar o tamanho do link. Um URL curto tem o poder se tornar mais confiável aos olhos de um potencial cliente do que um link longo e com vários caracteres estranhos.

No Twitter, por exemplo, existe mais um motivo para se reduzir os links: o limite de caracteres de uma postagem. Além disso, é possível também monitorar o total de cliques por períodos e saber qual dia foi melhor para seu link.

Agora você já sabe como começar a medir seu desempenho no mundo digital. Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *