5 passos para criar o seu 1º anúncio no Facebook

Como usar gatilhos mentais para gerar mais vendas
07/07/2017
Chatbot: o futuro do marketing no Facebook
24/07/2017
Mostrar tudo

5 passos para criar o seu 1º anúncio no Facebook

Você já viu aqui no blog como o poder de segmentação do Facebook pode ajudar sua empresa a gerar mais engajamentos e conversões. Chegou a hora então de pôr a mão-na-massa e começar a anunciar sua empresa ou seus produtos na mais importante rede social do mundo. Vamos começar? Veja agora 5 passos para criar o seu primeiro anúncio no Facebook.

  1. Escolha seu objetivo

O primeiro passo para fazer um anúncio no Facebook é a escolha do objetivo. Essa é a primeira pergunta que a rede social criada por Marck Zuckerberg te fará, no gerenciador de anúncios. O que você deseja atingir com sua campanha?

Seu objetivo de marketing será definido pela jornada do consumidor ou pelo funil de vendas. Em que etapa sua persona se encontra? Observe que, no gerenciador de anúncios, o próprio Facebook te dá sugestões.

Descoberta

Para personas na fase da descoberta (que ainda não conhecem sua empresa ou o produto que você vende), o Facebook sugere que você realize campanhas de “reconhecimento de marca” ou de “alcance”.

Use o “reconhecimento de marca” para fazer com que sua empresa ou produto se torne mais conhecido pelas pessoas. O Facebook atuará de forma que o usuário seja exposto ao seu anúncio algumas vezes, fixando sua marca na mente do consumidor.

Já a opção de “alcance” é indicada para empresas que querem alcançar a maior quantidade possível de pessoas, ainda que a quantidade de impressões individuais seja pequena. Em qualquer das duas opções o usuário pagará por CPM, ou seja, pagará um determinado valor pela quantidade de mil impressões (exibições do seu anúncio).

Consideração

Caso seu cliente esteja no meio do funil, o mais recomendado é que você opte por tráfego, engajamento, instalação de app ou visualizações de vídeo.

Ao selecionar “tráfego” como objetivo de marketing, o Facebook exibirá seu anúncio para pessoas que estão mais inclinadas a clicarem no seu link.

Já “engajamento” está relacionado a ações que as pessoas podem fazer dento do próprio Facebook, como curtir sua página, reagir a uma postagem, deixar um comentário ou confirmar presença em um evento.

Se você deseja incentivar as personas a fazer o download de um aplicativo, então evidentemente seu objetivo deve ser o de “instalação de aplicativo”. Leve em consideração que seu anúncio será exibido apenas para pessoas que estão acessando o Facebook via celular.

Sua empresa produziu um vídeo incrível ou emocionante, e você acredita que as pessoas precisam assisti-lo? Opte pelo objetivo “visualização de vídeo”. O anunciante poderá optar entre pagar por CPM ou por “visualizações de vídeo”, definida como uma visualização de pelo menos 10 segundos do vídeo.

Conversão

Na última etapa do funil, o anunciante tem três opções: conversão, catálogo de produtos ou visita à loja.

O objetivo de conversão deve ser utilizado caso queira que o usuário realize uma ação em seu site, como comprar um produto ou preencher um formulário, por exemplo. É importante ressaltar que, para escolher esse objetivo, seu site precisa implementar o “pixel do Facebook”. Trata-se de um código que te informará se o usuário realizou as ações desejadas.

O “catálogo de produtos” também exige a instalação do pixel do Facebook para funcionar. Uma vez selecionado esse objetivo e instalado corretamente o pixel, o Facebook exibirá aos usuários os produtos que estão no site do anunciante.

Por fim, utilize “visita à loja” para publicar anúncios baseados em geolocalização.

  1. Segmente seu anúncio no Facebook

Selecione seu público de acordo com as personas pré-definidas. É aqui que o poder de segmentação do anúncio do Facebook faz a diferença. Selecione as pessoas por localização, renda, idade, gênero, interesse e muitos outros critérios.

  1. Defina o orçamento e a programação

O ponto-chave desse passo é “planejamento”. Defina qual é o seu orçamento diário e em que momentos do dia seu anúncio será exibido. Caso esteja inseguro, deixe tudo no automático. Dessa forma o próprio Facebook definirá uma programação com a maior chance de sucesso.

Orçamento

Para definir quanto você quer pagar por cada conversão ou impressão, você precisa primeiro saber quanto você pode gastar. Isso vai depender do lucro que você receberá com cada conversão ou impressão. Mas como fazer esse cálculo?

Sua empresa precisa fazer uma estimativa de quanto cada consumidor online gasta ao longo de sua “vida” como cliente. Se seu cliente costuma gastar R$ 10 a cada visita, e ao longo de sua vida como cliente ele faz 10 visitas, então esse consumidor gera R$ 100 de lucro para sua companhia.

Assim, seu custo de aquisição do cliente precisa ser menor do que 100 reais. Na realidade, ele precisa ser bem menor que os 100 reais, já que, se você pagasse esse valor para cada conversão, seu Retorno Sobre Investimento (ROI) seria nulo.

Dessa forma, estime quantas pessoas impactadas pelo anúncio efetivamente compram algo de sua empresa. Se essa taxa de conversão for de 10%, então o valor de cada visita ao seu site é de R$ 10 (10% de 100 reais). Assim, sua companhia pode, hipoteticamente, fazer lances de R$ 10 por conversão.

Lembre-se, entretanto, que esse cálculo leva em consideração que seus lucros são iguais à sua receita.

Isso significa, então, que sua empresa pagará R$ 10 por cada conversão? Não. Esse é o valor máximo que você está disposto a pagar. Mas o mais provável é que o Facebook te cobre um valor muito inferior ao que foi sugerido.

Uma outra possibilidade é você não definir o valor máximo a pagar. Dessa forma, o Facebook divulgará seu anúncio seguindo sua segmentação, para as pessoas mais propensas a atingir o seu objetivo, mas sem se preocupar com o valor. Depois acompanhe os valores diariamente e mantenha apenas os anúncios com melhores resultados.

Neste ponto é importante lembrar que as campanhas no Facebook passam por um ciclo de vida. Seus primeiros anúncios serão um pouco mais caros que os demais, mas a tendência é de uma redução no preço ao longo do tempo. Saiba mais sobre o ciclo de vida das campanhas do Facebook e como usá-lo a seu favor.

  1. Crie o anúncio

Agora já está quase tudo pronto. Crie um anúncio no Facebook com imagens que reflitam a personalidade do seu público e de sua marca. Escreva textos concisos mas com grande apelo. Imagem e texto devem se complementar. Não se esqueça de colocar uma chamada para ação (clicar, curtir, etc).

  1. Avalie e recomece

Por fim, quando sua campanha terminar, faça uma avaliação. Os resultados foram bons? O que pode ser melhorado? Avalie, planeje e recomece.

Agora que leu esse artigo, deve estar com várias ideias novas sobre como atrair mais fãs para o seu negócio não é? Não deixe essas ideias no papel e parta logo para ação! Aos poucos, você vai fortalecer o seu negócio usando as mídias sociais e o marketing digital.

Se você quiser acelerar MUITO seus resultados, clique no link abaixo e faça sua inscrição:

Como Atrair Até 7 Vezes Mais Curtidas Na Sua Página Do Facebook Sem Investir Mais Em Anúncios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *